Terras de Bouro

Requalificado banco onde Ramalho Ortigão se sentava na vila do Gerês

Requalificado banco onde Ramalho Ortigão se sentava na vila do Gerês

A Câmara de Terras de Bouro concluiu as obras de requalificação do Parque da Assureira, na freguesia de Vilar da Veiga, à saída da vila do Gerês, onde se situa um banco que ficou famoso por ter sido utilizado pelo escritor Ramalho Ortigão.

O presidente do Município, Manuel Tibo, adiantou esta quarta-feira ao JN que, ao longo dos anos, o monumento, inaugurado em 1920, foi-se deteriorando, pelo que foi necessário proceder à sua reabilitação, bem como à requalificação da área envolvente do Parque da Assureira, e à recuperação da imagem e do interior da casa lá edificada, de modo a que possa ser utilizada para usos múltiplos, nomeadamente os relacionados com a divulgação cultural.

O chamado Banco do Ramalho foi inaugurado a 28 de julho de 1920 pela Sociedade Propaganda de Portugal, à época a entidade responsável pelo turismo, como forma de homenagear o escritor Ramalho Ortigão, falecido em 1915, que tantas vezes ali buscou inspiração para as suas obras.

PUB

Decorridos mais de 100 anos, os bancos esculpidos em granito demonstravam já alguma decrepitude, também em resultado das intempéries. Assim sendo, e de forma a preservar com dignidade a sua história, o Município procedeu à reabilitação do Banco do Ramalho. A inauguração da obra está marcada para dia 19.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG