Fogo

Reaberta EN103 entre Braga e Póvoa de Lanhoso

Reaberta EN103 entre Braga e Póvoa de Lanhoso

A Estrada Nacional 103, que liga Esposende a Chaves, esteve cortada entre Braga e Póvoa de Lanhoso, devido a um grande incêndio que começou na madrugada deste domingo na Serra do Carvalho, em Braga.

A EN 103 foi reaberta ao trânsito cerca das 15.30 horas, doze horas depois de ter estado interdita ao trânsito durante mais de doze horas, constatou o JN no local.

A GNR cortou o fluxo rodoviário em ambos os sentidos da via rápida, dado que o fogo, combatido desde cerca das três horas, atravessou mais do que uma vez a estrada internacional (liga Chaves a Espanha).

Fogo ameaça casas

Há várias casas ameaçadas pelas chamas junto ao Cemitério de Santa Lucrécia de Algeriz, com vários populares a criticarem o facto de os reforços das corporações terem chegado tardiamente. Os Voluntários e os Sapadores de Braga trabalharam toda a noite e estão a ser apoiados pela GNR.

O cansaço dos bombeiros ouvidos pelo JN no combate às chamas é muito grande.

De acordo com os operacionais, "a situação está a ficar descontrolada", temendo-se que as chamas possam atingir casas nas freguesias de São paio de Pousada, num momento em que o fogo está a passar para Covelas, já concelho da Póvoa de Lanhoso.

PUB

Na encosta oeste da Serra do Carvalho, estão os Bombeiros Voluntários de Braga, os Bombeiros Sapadores de Braga e os Bombeiros Voluntários de Amares a tentar impedir a progressão do incêndio florestal para as freguesias de Santa Lucrécia de Algeriz e de São Paio de Pousada, ambas no concelho de Braga.

Na zona, onde se registam vários focos de incêndio, encontram-se ainda o vice-presidente da Câmara Municipal de Braga, Firmino Marques, com o responsável pela Proteção Civil da Concelhia de Braga, o comandante Vítor Azevedo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG