JN Rede de Notícias

Construtor de Joane acusado de passar bens para os filhos antes de abrir insolvência

Construtor de Joane acusado de passar bens para os filhos antes de abrir insolvência

O Ministério Público (MP) acusou de insolvência dolosa um empresário de Joane, Vila Nova de Famalicão, por alegadamente ter esvaziado o seu património para se furtar ao pagamento de dívidas de quase 203 mil euros.

Segundo nota publicada esta terça-feira, 6 de julho, na página da Procuradoria-Geral Regional do Porto, o arguido exerceu a atividade de construção de edifícios residenciais e não residenciais como empresário em nome individual. No exercício dessa atividade, manteve vários trabalhadores ao seu serviço, devendo-lhes, em 31 de dezembro de 2012, o montante global de 41.819 euros.

Leia mais em Fama TV

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG