Exclusivo

Famalicão não dorme para poder resgatar animais

Famalicão não dorme para poder resgatar animais

Município criou brigada que trabalha 24 horas todos os dias. Pedidos de ajuda chegam às oito dezenas diárias

Paulo Lopes já perdeu a conta ao número de animais que resgatou nestes cerca de quatro anos ao serviço do CROA - Centro de Recolha Oficial Animal de Famalicão. A paixão por animais levou-o a estar disponível 24 horas por dia para ajudar "animais em perigo" e por isso não são raras as vezes em que desce a poços ou sobe a árvores e telhados para acudir a cães e gatos. Agora com a criação da Brigada de Resgaste Animal, apresentada esta terça-feira, conta com a ajuda de Sérgio Simões e Nuno Gomes, dois colegas a quem deu formação. "A minha paixão pelos animais cresceu desde que vim trabalhar para cá, por isso sempre estive disponível 24 horas por dia, todos os dias", disse recordando a noite da última passagem de ano em que foi acionado duas vezes.

Usualmente, os pedidos para resgate vêm das forças policiais, bombeiros e até de particulares. Segundo Fidélia Aboim, veterinária municipal, a brigada poderá ser acionada através do número de emergência do CROA para "animais na via pública sem proteção ou em perigo".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG