Empresas

Famalicão quer ampliar áreas industriais para acolher investidores

Famalicão quer ampliar áreas industriais para acolher investidores

A Câmara de Famalicão está a "sinalizar" um conjunto de áreas para que em sede de revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) as zonas industriais possam ser ampliadas para dar resposta à procura de empresas que se querem instalar no município.

Mário Passos, presidente da Câmara de Famalicão, explicou esta terça-feira, à margem de uma visita à Pafil, uma têxtil especializada em vestuário de alta performance, que há "investidores" a querer instalar-se no concelho mas não há a certeza de "poder atender a todos". São empresas localizadas em concelhos limítrofes que estão interessadas em transferir-se para Famalicão. Para já, acrescentou, tem havido "resposta" mas o município já está "a trabalhar" no alargamento de áreas industriais e, também, na recuperação de edifícios onde funcionaram fábricas e que atualmente estão devolutos para assegurar essa resposta.

A Pafil foi uma das empresas que se deslocou de Viatodos, em Barcelos, para a freguesia do Louro, em Famalicão. Investiu dois milhões de euros em novas instalações para onde se mudou há dois anos. Nessa altura, aumentou o número de trabalhadores de 70 para 90 e há perspetivas para serem admitidos "mais recursos humanos", adiantou João Pereira.

PUB

Entretanto, a empresa tem projetos de inovação em curso com o Citeve, um dos quais é um equipamento que permitirá às costureiras trabalhar com a postura correta. Deverá entrar em fase experimental no início do próximo ano e começar a ser produzido no fim do mesmo ano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG