Empresas

Têxtil de Famalicão aumenta salário mínimo

Têxtil de Famalicão aumenta salário mínimo

A Scop- Criação e Desenvolvimento Têxtil situada em Oliveira de Santa Maria, Famalicão vai fixar o salário mínimo em 715 euros mensais.

Em comunicado enviado à imprensa a gerência refere que, a partir de 1 de setembro deste ano, esse será o salário mínimo praticado na empresa.

Com 30 colaboradores e em fase de contratação de costureiras, a firma acredita que a "motivação" é uma das razões pelas quais decidiram avançar para a subida do salário mínimo.

"Uma equipa motivada é a locomotiva de uma organização e o fator financeiro, a par de outros fatores como o bom ambiente de trabalho, é fundamental para essa motivação", refere a administração da empresa no mesmo comunicado. "Por estas razões decidimos dar à nossa equipa um melhor salário, porque o bom desempenho dos nossos colaboradores e o espírito de equipa e entreajuda são o que fazem a Scop uma grande organização", acrescentou.

Ao salário, a empresa acrescenta 15 euros de prémio de assiduidade e um seguro de saúde.

A Scop pertence ao grupo Monsanto e existe há 22 anos.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG