Residência Pratinha

Utente de lar de Famalicão volta a testar positivo à covid-19

Utente de lar de Famalicão volta a testar positivo à covid-19

Um utente de 82 anos da Residência Pratinha, em Cavalões, Famalicão, voltou a testar positivo à covid-19. Está internado no IPO, onde era seguido, e realizou o teste na semana passada, procedimento normal para um internamento.

Esta estrutura residencial teve de ser evacuada em março, quando 22 dos 34 utentes testaram positivo ao novo coronavírus, assim como dez colaboradores. Os utentes foram, na altura, transportados para o hospital militar do Porto. O utente agora infetado foi o último a regressar a Cavalões.

Segundo Teresa Pedrosa, responsável pela Residência Pratinha, o utente em causa é seguido no IPO e, como teve necessidade de ser internado, foi-lhe feito o teste, que deu positivo. Contudo, acrescenta, os sintomas que o idoso tinha não se assemelhavam aos da covid-19.

O idoso infetado estava acamado e, portanto, "confinado ao quarto", pelo que foram feitos testes serológicos às oito funcionárias que estavam em contacto direto com ele. Os resultados foram negativos. No entando, acrescentou Teresa Pedrosa, as funcionárias estão em casa de quarentena, mediante aconselhamento das autoridades de saúde.

Segundo a mesma responsável, tendo em conta que o idoso estava acamado, as funcionárias testaram negativo e ninguém apresenta sintomas, as autoridades de saúde não acharam necessário isolar os restantes utentes.

Teresa Pedrosa explicou que a estrutura residencial funciona com duas alas, em dois edifícios, e cada equipa trabalha sempre na mesma ala. "Desde de que regressámos que as atividades lúdicas estão suspensas, é cumprido o distanciamento social e as refeições são feitas por turnos. Come um turno, desinfeta-se e depois vai outro", explicou.

A origem da infeção não é ainda conhecida.

Outras Notícias