Exclusivo

Citadinos experimentam viver um mês em Bragança com tudo pago

Citadinos experimentam viver um mês em Bragança com tudo pago

Câmara de Bragança abriu concurso e ofereceu estadia a quatro famílias durante 30 dias. Teletrabalho no meio da natureza está a encantar os "novos povoadores".

Fascinados com a possibilidade de escutar o silêncio em Rio de Onor, Chiara Pussetti e Hugo Carosa, de Lisboa, estão há quatro dias a organizar-se numa rotina mais calma, saboreando a paz da aldeia, onde se vive devagar. Fixaram ali residência por um mês, depois de terem sido selecionados com outras três famílias no concurso Bragança - Liberdade para Recomeçar, lançado pela Câmara, para promover o concelho, pagando estadia a quem quisesse experimentar ali viver.

A ausência de poluição acústica está a agradar sobremaneira ao casal, ela antropóloga do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, e ele produtor audiovisual. Trabalham online sossegadamente na casa junto ao rio, arrendada pelo município, com a natureza ao alcance da mão. Chiara e Hugo já conhecem a vizinhança.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG