Covid-19

Autarca de Bragança queixa-se de que testes realizados em lares estão "aquém do desejável"

Autarca de Bragança queixa-se de que testes realizados em lares estão "aquém do desejável"

O presidente da Câmara Municipal de Bragança queixa-se de que no distrito só ainda foram testados "cerca de 1000 pessoas (utentes e trabalhadores)" de instituições particulares de solidariedade social (IPSS), um número muito "aquém do desejável", lamenta Hernâni Dias.

O descontentamento do autarca, eleito pelo PSD, sobe de tom porque no passado dia 8 de abril foi assinado um protocolo entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o Ministério do Trabalho e Solidariedade, o Instituto Politécnico de Bragança (IPB) e a Unidade Local de Saúde do Nordeste (ULSNE), com o objetivo de aumentar a capacidade de realização de testes no distrito de Bragança.

O que ainda não aconteceu, segundo o autarca, uma vez que, até ao momento, "não foi efetuado qualquer teste, sem responsabilidades da parte do IPB que tem tudo preparado para dar cumprimento ao protocolo".

Na altura da assinatura do protocolo entre as várias entidades indicou-se que o IPB teria capacidade para realizar cinco mil testes e que ficaria vocacionado para testar os funcionários e utentes das IPSS do distrito de Bragança, estimando de imediato a realização de 174 análises por dia com apoio da Unidade Local de Saúde na recolha das amostras.

Numa segunda fase haveria capacidade para a realização de 348 testes por dia. Ficou estabelecido que o trabalho começaria na semana seguinte. Todavia, o IPB ainda não iniciou a realização de testes porque aguarda a certificação do Instituto Ricardo Jorge.

A ULS Nordeste esclareceu que nas estruturas de apoio a idosos do distrito "foram efetuados por esta entidade mais de dois mil testes a utentes e profissionais de lares" e que o protocolo prevê o rastreio a 6030 pessoas entre utentes e funcionários de lares de idosos, nos 12 concelhos do distrito de Bragança, realizados por 12 equipas de colheitas de amostras daquela unidade.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG