Polícia

Conselho de Ministros em Bragança "sem incidentes", diz PSP

Conselho de Ministros em Bragança "sem incidentes", diz PSP

A PSP de Bragança explicou, esta sexta-feira, que o Conselho de Ministros que ontem se reuniu na cidade "decorreu com normalidade e sem qualquer registo de incidentes".

O esclarecimento responde às notícias que davam conta de que o secretário-geral da FENPROF, Mário Nogueira, teria tentado invadir o auditório principal (rés-do-chão) do Teatro Municipal, na altura em que decorria o "briefing" com a comunicação social, depois de António Costa ter saído da sala de atos do mesmo edifício (no último piso).

Segundo a PSP, "a entrada e saída dos membros do governo não sofreu qualquer alteração ou constrangimento causado pela presença de um conjunto de manifestantes afetos à FENPROF", que organizou uma manifestação na Praça Cavaleiro de Ferreira, em frente ao Teatro Municipal, quando decorria o Conselho de Ministros. Na ocasião, Mário Nogueira disse aos jornalistas que queria entregar sete mil postais, com reivindicações ao primeiro-ministro, mas não chegaram a cruzar-se.

Na mesma nota de imprensa, a PSP esclarece que, "enquanto decorria a conferência de imprensa, o líder da FENPROF aproximou-se de uma das portas de acesso, questionando o comandante do policiamento quanto à possibilidade de efetuar a entrega de umas caixas, tendo-lhe sido comunicado que tal não era possível. Não existiu, em momento algum, qualquer atitude hostil por parte deste dirigente sindical que, apesar de aludir a algumas palavras de ordem, abandonou o local, sem registo de qualquer incidente".

A PSP acrescenta que "os manifestantes mantiveram um comportamento que se pautou pelo respeito pela ordem e legalidade democrática, que não indiciava qualquer preocupação especial de segurança".

Outras Notícias