O Jogo ao Vivo

Bragança

"Data histórica": Primeira greve na Faurecia com 80% de adesão

"Data histórica": Primeira greve na Faurecia com 80% de adesão

Cerca de 80% dos trabalhadores da Faurecia - Sistemas de Escape Portugal, SA, concentraram-se esta quinta-feira em frente às instalações da fábrica, em Bragança, "pelo direito à greve, por melhores salários e condições de trabalho".

Esta quinta-feira é uma "data histórica", segundo Miguel Moreira, do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Norte (SITE-Norte), por ser a primeira greve na Faurecia - Sistemas de Escape Portugal, SA.

"A empresa teve um papel que lamentamos de pressão e perseguição aos trabalhadores para não aderirem à greve, estes não tiveram medo e responderam desta forma", acrescentou Miguel Moreira.

Sem indicações internas oficiais, o sindicato soube pelos trabalhadores que a produção se mantém "com os residuais".

Os trabalhadores reivindicam o aumento de salários e melhores condições de trabalho na fábrica de Bragança. "Reclamamos um aumento de um valor fixo de 90 euros por mês para todos os trabalhadores, de modo a fazer face a subida do custo de vida. Esta proposta foi feita pelo sindicato, mas a empresa não nos respondeu", explicou o dirigente do SITE-Norte.

PUB

Os funcionários estão ainda preocupados com as condições de trabalho na fábrica de Bragança, nomeadamente ao nível da falta de qualidade do ar relacionadas com óleos, extração de fumos.

A Faurecia tem atualmente cerca de 500 trabalhadores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG