Transportes

Em Bragança é possível viajar de autocarro por 10 cêntimos

Em Bragança é possível viajar de autocarro por 10 cêntimos

A partir do dia 1 de dezembro será possível viajar nos transportes públicos de Bragança (STUB) por 10 cêntimos, valor dos preços dos bilhetes para as linhas da cidade e por 12 cêntimos nas ligações às aldeias. Os carregamentos mensais para passe social passam de um mínimo de 24 euros para 2,40 euros e de um máximo de 45 euros para 4,5 euros.

O novo tarifário estabelecido pelo município de Bragança responde aos descontos estabelecidos no âmbito do Programa de Promoção da Utilização dos Transportes Públicos nos nove municípios da Comunidade Intermunicipal Terras de Trás-os-Montes, que prevê uma descida de 90% no preço dos tarifários, que foi apresentado no passado dia 20.

A Câmara de Bragança decidiu aplicar o mesmo tipo de desconto ao STUB-Sistema de Transportes Urbanos de Bragança, uma vez que é o único município da CIM que dispõe deste tipo de serviço. A medida entra em vigor mais tarde neste sistema " porque foi necessário adaptar o serviço aos novos preços", referiu o presidente da Câmara, Hernâni Dias.

O sistema de transporte público de passageiros na CIM será "tendencialmente gratuito", destacou o presidente desta comunidade urbana, Artur Nunes, com 90% de desconto no preço do bilhete até ao final deste ano ano dentro do território dos nove concelhos inseridos na comunidade urbana (Alfândega da Fé, Bragança, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro, Mirandela, Mogadouro, Vila Flor, Vimioso e Vinhais).

Os preços dos transportes na CIM tem vindo a ser reduzido nos últimos anos, com descontos que iniciaram em 15%, depois passaram para 40%, até aos 90% praticados atualmente, o que tem contribuído para o aumento do número de passageiros. Registou-se um aumento médio de 1498 títulos de transporte, o que corresponde a um aumento de 13% na procura. "É um programa muito positivo para a região e mostra às pessoas que os transportes públicos são uma opção ao carro", realçou Artur Nunes.