Exclusivo

Falta de rede móvel mancha 10 anos do IC5

Falta de rede móvel mancha 10 anos do IC5

Itinerário complementar desencravou sul do distrito de Bragança, mas há muitas zonas onde não é possível fazer ou manter uma chamada.

Não há bela sem senão e o Itinerário Complementar n.º 5 (IC5) é um caso paradigmático. Se, por um lado, permite uma viagem rápida e segura entre a Autoestrada Transmontana (A4), na zona do Pópulo (Murça/Alijó), e Duas Igrejas, em Miranda do Douro, por outro, os autarcas dos concelhos abrangidos queixam-se da falta de uma boa cobertura de rede móvel.

O problema não é de agora e apesar das insistentes chamadas de atenção feitas pelos autarcas, passados 10 anos sobre a abertura do IC5 em toda a extensão de quase 135 quilómetros, até agora não receberam retorno das operadoras de telecomunicações e da tutela.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG