Pandemia

Feiras da Castanha canceladas em Bragança e Vinhais

Feiras da Castanha canceladas em Bragança e Vinhais

As duas principais iniciativas de mostra e venda de castanha, a Rural Castanea, em Vinhais, e a Norcaça-Norpesca e Norcastanha, em Bragança, previstas para os próximos dois meses, foram canceladas pelos respetivos municípios, que são também entidades organizadoras. Ambos os certames foram adiados para 2021.

A Comunidade Intermunicipal Terras de Trás-os-Montes já tinha decidido cancelar todas as feiras temáticas, festas populares, festivais e iniciativas análogas que impliquem ajuntamentos de pessoas nos nove municípios do seu território até ao final de novembro.

A XV edição da Rural Castanea que habitualmente era realizada em Vinhais em outubro foi adiada para o próximo ano "por não se encontrarem reunidas as condições de segurança, de forma a cumprir-se as regras emanadas pela Direção-Geral da Saúde, dado que se trata de um evento de grande dimensão que, consequentemente, iria gerar ajuntamentos de pessoas de várias localidades, o que se pretende evitar perante a evolução da pandemia", adiantou uma fonte autárquica.

O concelho de Vinhais é um dos maiores produtores de castanha do país, onde por ano são produzidas entre 14 a 15 mil toneladas deste fruto seco. "A Câmara Municipal tem conhecimento que a não realização deste evento pode acarretar consequências para os seus produtores, pelo que tudo fará para ajudar a promover este fruto e outros produtos locais", informou a mesma fonte.

As feiras são uma oportunidade para a promoção e divulgação da castanha mas não representam a principal fonte de escoamento, uma vez que se trata de uma produção que é comprada diretamente aos produtores nas aldeias e até nos próprios soutos.

A Feira Internacional do Norte - Norcaça, Norpesca e Norcastanha, cuja edição estava marcada de 29 de outubro a 1 de novembro foi adiada "atendendo à atual crise sanitária, à entrada do estado de contingência desde o dia 15 de setembro e à incerteza da evolução epidemiológica do Coronavírus Covid-19, não existem condições para realizar, em segurança, um evento que atrai muitos visitantes e envolve uma grande diversidade de atividades, grande parte em espaço fechado", explicou a organização.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG