O Jogo ao Vivo

Comércio

Feiras reabrem dia 28 de maio em nove concelhos de Trás-os-Montes

Feiras reabrem dia 28 de maio em nove concelhos de Trás-os-Montes

Feiras reabrem no dia 28 de maio em nove concelhos das Terras de Trás-os-Montes mas com planos de contingência.

As feiras semanais e quinzenais dos nove municípios inseridos no território da Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes (CIMTTM), além de Vila Flor, vão voltar a realizar-se a partir do dia 28 de maio, por deliberação unânime do Conselho Intermunicipal, mas sujeitas ao cumprimento de planos de contingência.

"A medida é entendida como uma forma de apoiar o relançamento da atividade económica no território, acompanhando a reabertura de outros espaços comerciais", informou a CIM.

Destra forma, as feiras regressam em Alfândega da Fé, Bragança, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro, Mirandela, Mogadouro, Vimioso, Vinhais e Vila Flor nos dias em que habitualmente se realizavam depois de a CIM ter decidido o seu encerramento a 11 de março motivado pela pandemia de covid-19.

A reativação das feiras, onde centenas de comerciantes fazem negócios, surge após a avaliação efetuada pela CIM à primeira fase de abertura das feiras que limitou o início da atividade à venda de produtos da terra nos mercados, no dia 4 de maio.

"A forma como se processou o recomeço desta atividade económica, com vendedores e público a demonstrarem capacidade de adaptação e cumprimento das normas impostas pela nova realidade trazida pela pandemia da covid-19, levou os presidentes de câmara das Terras de Trás-os-Montes a decidirem pela reabertura das Feiras a todos os vendedores", explicou fonte da CIM.

A evolução favorável da situação epidemiológica na região e a Resolução do Conselho de Ministros de 17 de maio, que prevê a abertura de feiras e mercados, pesaram na decisão dos autarcas. No entanto, a reativação das feiras implica um período de adaptação e de cumprimento de medidas necessárias para o reinício em segurança desta atividade comercial, nomeadamente a elaboração de planos de contingência a articular com as entidades competentes.

Outras Notícias