PSP

Bragança é o distrito mais seguro do país

Bragança é o distrito mais seguro do país

O comandante da PSP de Bragança, José Neto, disse esta quarta-feira que Bragança é o distrito mais seguro do país, durante a cerimónia comemorativa do Dia do Comando da PSP.

"Os indicadores de 2018 e a prevalência para 2019 apontam para que aquele aumento que tivemos de criminalidade no final do ano passado já se esbateu e temos indicadores muito satisfatórios, apesar do nível de ocorrências um bocadinho superior quer em Bragança quer em Mirandela. O reflexo geral disso é uma tendência de números muito positivos para a realidade nacional", afirmou José Neto.

O comandante da PSP está preocupado com a idade avançada de alguns profissionais, uma vez que 53 % do efetivo tem mais de 50 anos. "Porque apesar da sua grande disponibilidade a sua capacidade física já não é a mesma dos seus 40 anos, pelo que precisamos de mais recursos humanos e mais meios para aumentar a nossa capacidade de chegar ao local e às pessoas", sublinhou José Neto.

A secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, que esteve presente na cerimónia, onde referiu que estão mais 600 novos agentes em formação, não se comprometeu que alguns serão deslocados para Bragança, observando que serão distribuídos pelo país de acordo com as necessidades. Para José Neto, um aumento de cerca de 20 profissionais "seria mais do que suficiente".

Muitos dos agentes que vão para Bragança ou Mirandela fazem-no porque são da região. "Alguns oficiais vêm porque é preciso ter um profissional naquele posto, mas todos os demais chegam porque são de cá. Há muitos profissionais que se dependessem deles já cá estavam porque adorariam vir para Bragança ou para Mirandela. Não temos falta de pessoas que querem vir para Bragança mas uma política de gestão de recursos humanos que tem que ser repensada", constata José Neto.