Bragança

IP2 e IC5 encurtam distâncias em Trás-os-Montes

IP2 e IC5 encurtam distâncias em Trás-os-Montes

A abertura ao tráfego do troço do Itinerário Principal nº 2 (IP2) entre Junqueira, Torre de Moncorvo, e Bornes, Macedo de Cavaleiros, conclui a empreitada da subconcessão Douro Interior, que integra também o Itinerário Complementar nº 5 (IC5). O troço desta via, entre Mogos, Carrazeda de Ansiães, e Lodões, Vila Flor, abriu igualmente esta semana.

A construção do IP2 e do IC5 representam um investimento de 940 milhões de euros. A primeira via tem 116 quilómetros de extensão e liga a auto-estrada Transmontana, em Macedo de Cavaleiros, à auto-estrada nº 25 (A25), em Celorico da Beira. A segunda desenvolve-se ao longo de 145 quilómetros entre o Alto do Pópulo (Alijó) e Duas Igrejas (Miranda do Douro).

Ambas são consideradas estruturantes para a região de Trás-os-Montes e Alto Douro, pois desencravam uma série de concelhos mal servidos de rodovias, tornando mais rápida a ligação entre eles, bem como ao litoral do país.

Todavia, o IP2 permanece incompleto. Fica a faltar o troço entre Junqueira e Pocinho, que não foi incluído na subconcessão, estando ainda a ser estudada a melhor solução para uma extensão de cerca de 17 quilómetros, ao longo do concelho de Torre de Moncorvo. Questões de impacto ambiental numa zona vinhateira e património da humanidade, entre outras, têm condicionado o projecto.

Também já abriu à circulação o lanço do IC5 entre o nó dos Mogos, em Carrazeda de Ansiães, e o de Lodões, em Vila Flor, onde se encontra com o IP2, numa extensão de 24 quilómetros. Para além deste troço, já se transita, há um ano, nos sete quilómetros desta via entre o Alto do Pópulo e o nó de Carlão, em Alijó.

Desde Setembro deste ano está aberto o lanço de 37 quilómetros que liga Mogadouro a Duas Igrejas (Miranda do Douro). Ficam a faltar os troços entre Lodões (Vila Flor) e Mogadouro, bem como o que atravessa o vale do rio Tua, entre o nó de Carlão e o de Pinhal do Norte, e entre este e o de Mogos (Carrazeda de Ansiães).

Segundo a Estradas de Portugal, também já foi realizada a construção da ligação a Vila Flor, que possibilita o acesso directo à Barragem do Peneireiro, para Sul, e à Estrada Nacional nº215, para Norte.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG