Bragança

Municípios de Trás-os-Montes reforçam medidas preventivas contra o coronavírus

Municípios de Trás-os-Montes reforçam medidas preventivas contra o coronavírus

Vários supermercados estão a registar uma procura inusitada a bens alimentares e de higiene que está a levar à ruptura de stocks, deu conta uma fonte de uma grande superfície em Bragança. "O cenário é de prateleiras completamente vazias. Nunca visto por cá. Começou na segunda-feira e nunca mais parou a procura", explicou a fonte. ​​​​​​

Entretanto, depois de os municípios da Comunidade Intermunicipal Terras de Trás-os-Montes (CIMTT) terem decido suspender todas as feiras, eventos culturais e desportivos, bem como encerrar espaços públicos, várias câmaras municipais reforçaram as medidas preventivas face à propagação do novo coronavírus (Covid-19) em Portugal.

Em Alfândega da Fé, o município prolongou o o período de pagamento das faturas da água, como forma de evitar deslocações de pessoas aos serviços municipais e também estão a ser feitas recomendações aos empresários, comerciantes e lojistas locais, instituições, juntas de freguesias e à população em geral de forma a prevenir o contágio e propagação da doença, indicou ao JN uma fonte daquela autarquia.

Em Mogadouro, a câmara municipal encerrou o espaço "Mais-Mogadouro Apoia a Inclusão Social", os sanitários públicos e os parques desportivos e infantis do município, onde os serviços se mantêm abertos, mas pede-se à população que apenas se desloquem em casos urgentes e que optem por contactos por telefone.

No distrito de Bragança, até à data há apenas confirmado um caso de infeção por coronavírus, o de um homem residente em Mirandela.

PUB

Outras Notícias