O Jogo ao Vivo

Bragança

Primeiro prémio Literário da Lusofonia foi para António Trabulo 

Primeiro prémio Literário da Lusofonia foi para António Trabulo 

O neurocirurgião António Trabulo foi o vencedor do I Prémio Literário da Lusofonia Professor Doutor Adriano Moreira, entregue sexta-feira à noite, no Teatro Municipal de Bragança.

Com este galardão "homenageia-se um dos mais ilustres transmontanos e um dos mais respeitados e admirados na comunidade científica nacional e internacional", referiu fonte do município brigantino, entidade que organizou a iniciativa. A escolha de António Trabulo, um neurocirurgião aposentado, natural de Almendra, no concelho de Vila Nova de Foz Côa, foi feita num conjunto de 45 trabalhos candidatos, dos quais 35 de Portugal, nove do Brasil e um de Espanha. O escritor publicou o seu primeiro livro de ficção em 2002.

"O I Prémio Literário da Lusofonia Professor Doutor Adriano Moreira tem como objetivo "a promoção a produção e a criatividade literárias, no âmbito da temática da lusofonia, valorizar as relações culturais entre instituições culturais de países de língua oficial Portuguesa e contribuir para a divulgação e prestígio da obra de autores que cultivam a diversidade dos valores culturais e identitários dos povos da Lusofonia", referiu o presidente da Câmara Municipal, Hernâni Dias.

O autarca destacou o empenho da autarquia na cultura e referiu que o município vai lançar no mês que vem com o concurso público para a adjudicação da obra do Museu da Língua Portuguesa, um dos maiores projetos de sempre nesta cidade. A execução do projeto está orçamentada em 7 milhões de euros.

Outros Artigos Recomendados