Surto

Santa Casa de Bragança com 33 casos de covid-19

Santa Casa de Bragança com 33 casos de covid-19

Um surto de covid-19 na Santa Casa da Misericórdia de Bragança, que atinge 27 utentes e seis funcionários, está a preocupar as autoridades do concelho, que esta quinta-feira reuniram a proteção civil municipal.

"Estão a ser definidas as condições de isolamento dos infetados e dos não infetados fazendo com que possamos estancar este surto para não criar aqui uma complicação na instituição que tem 166 utentes em lar de idosos, repartidos por três espaços, e 45 trabalhadores", explicou o autarca de Bragança, Hernâni Dias, também responsável pela proteção civil municipal.

Está ainda a ser definido tudo o que é necessário para garantir o distanciamento dos infetados e dos não infetados "para que se consiga criar o isolamento necessário", acrescentou o autarca.

Todos os utentes vão manter-se nas instalações da Santa Casa. "Estamos neste momento a avaliar as condições de espaço necessárias para garantir o isolamento, mas para já não há necessidade de deslocar ninguém para o exterior", afirmou Hernâni Dias.

Também está a ser avaliado se os recursos humanos são suficientes para garantir o bom funcionamento do lar de idosos, uma vez que seis trabalhadores estão infetados. "Vamos ver se com recursos humanos internos é possível dar resposta a esta circunstância ou se é necessário ativar a brigada de intervenção rápida que foi definida a nível distrital, com 12 pessoas, para garantir que há recursos humanos afetos ao serviço da Santa Casa", explicou, salientando que a instituição está a funcionar de "forma normal e que o assunto está a ser bem tratado, não havendo necessidade para criar alarmismo".

Todos os utentes e funcionários da Santa Casa da Misericórdia de Bragança vão ser testados para despistagem de casos covid. Os testes começam esta quinta-feira numa operação dirigida pela Saúde Pública de Bragança.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG