GNR

Seis caçadores detidos no distrito de Bragança por crimes em ato venatório

Seis caçadores detidos no distrito de Bragança por crimes em ato venatório

O Comando Territorial da GNR de Bragança informou, esta tarde, que os Núcleos de Proteção Ambiental (NPA) de Mirandela e de Miranda do Douro, detiveram, este domingo, seis caçadores, com idades entre os 42 e os 70 anos, por caça ilegal, nos concelhos de Freixo de Espada à Cinta e Mirandela.

Em Freixo, os elementos do NPA detetaram dois homens a caçar aves com recurso ao chamariz, enquanto, no concelho de Mirandela, foram detidos quatro homens, dois dos quais exerciam o ato venatório antes do nascer do sol e os outros dois por caça depois das 16 horas e fora de local permitido pelo Instituto da Conservação da Natureza e Florestas.

No âmbito destas ações, foram apreendidas seis armas de caça, 414 munições de calibre 12 e dois chamarizes.

Os detidos foram constituídos arguidos e serão presentes a primeiro interrogatório nos Tribunais Judiciais de Torre de Moncorvo e de Mirandela.

Nos últimos três fins de semana, só o Núcleo de Proteção Ambiental da GNR de Mirandela deteve 12 caçadores por vários crimes em ato venatório.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG