Bragança

ULS Nordeste realizou mais de 53 mil consultas não presenciais

ULS Nordeste realizou mais de 53 mil consultas não presenciais

A Unidade Local de Saúde do Nordeste (ULSNE) divulgou esta terça-feira que o Departamento de Cuidados Primários realizou 133.286 consultas médicas, das quais 53.313 em regime não presencial entre os dias 1 de janeiro e 30 de abril.

"Do total de agendamentos das consultas de Medicina Geral e Familiar de março e abril apenas 2,2% não foram realizadas", refere uma fonte daquela Unidade Local de Saúde, sublinhando que à atividade dos Cuidados de Saúde Primários durante o mesmo período acresce a realização de 96.018 consultas de enfermagem, mais de 103 mil contactos também de enfermagem e ainda 3600 consultas efetuadas por outros técnicos de saúde.

A ULS explica que está em curso a retoma gradual da atividade clínica programada nos Cuidados de Saúde Primários, após a sua suspensão a 16 de março.

"Dando resposta às necessidades decorrentes da infeção pelo novo coronavírus, o Departamento de Cuidados de Cuidados Primários manteve igualmente, mesmo que com algumas condicionantes, o acompanhamento à população. Privilegiando o contacto telefónico e digital com os utentes, os Centros de Saúde da região têm disponibilizado assistência em áreas fundamentais como situações de doença aguda, saúde materna (planeamento familiar e acompanhamento de grávidas), saúde infantil e juvenil (rastreios neonatais, vigilância e cumprimento do plano nacional de vacinação), cuidados de enfermagem, e ainda cuidados domiciliários em situação de doença aguda e de assistência clínica que careça de continuidade. É igualmente uma prioridade para o Departamento de Cuidados de Saúde Primários da ULS Nordeste a vigilância de doentes crónicos e dos grupos vulneráveis da população", descreve a fonte.

Outras Notícias