Bragança

Fogo de Carrazeda em resolução, carro dos bombeiros ardeu em Salvaterra de Magos

Fogo de Carrazeda em resolução, carro dos bombeiros ardeu em Salvaterra de Magos

O incêndio que há três dias lavra em Carrazeda de Ansiães, no distrito de Bragança, estava em resolução às 18 horas, de acordo com o site da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

Também os incêndios que, este domingo, começaram em Belas, Sintra (Lisboa), e em Glória do Ribatejo, Salvaterra de Magos (Santarém), estavam às 18 horas em resolução.

Anteriormente, fonte da Proteção Civil tinha dito à Lusa, cerca das 16.30 horas, que o incêndio de Marzagão, em Carrazeda de Ansiães, tinha já "todo o perímetro controlado".

PUB

"O foco de incêndio que se encontra ativo dentro do perímetro de Marzagão é uma bolsa de área não ardida no interior de área já ardida. Os meios estão posicionados e a maior parte do perímetro encontra-se em consolidação e rescaldo", disse.

Nas operações mantinham-se 183 operacionais, 59 viaturas e dois meios aéreos.

O fogo de Salvaterra de Magos, em Glória do Ribatejo, "arrancou muito violentamente com projeções, derivado ao forte vento", cerca das 12.48 horas. "Houve algumas habitações em perigo, mas que não chegaram a estar realmente em contacto com a frente de incêndio", salientou.

Em declarações à comunicação social, cerca das 17.30 horas, o comandante dos bombeiros de Salvaterra confirmou que um carro dos bombeiros ardeu durante o combate a este incêndio, não tendo provocado ferimentos nos bombeiros ocupantes, que já tinham regressado ao combate.

Nenhum outro dano em casas tinha sido registado devido a este incêndio, que, segundo o responsável, "estava em resolução em 90% e ativo apenas em 10%, com imensos pontos quentes".

Também em resolução estava o fogo com duas frentes "bastante ativas" na zona de Dona Maria, em Belas, no concelho de Sintra, distrito de Lisboa.

Neste incêndio houve "a possibilidade de uma das frentes se dirigir para uma zona urbana", o que acabou por não acontecer devido aos trabalhos de defesa dos bombeiros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG