parque internacional

Esculturas em granito em Carrazeda 

Esculturas em granito em Carrazeda 

Vários escultores reconhecidos internacionalmente estão a deixar a sua assinatura no Parque Internacional de Escultura em Granito ao Ar Livre, em Carrazeda de Ansiães. O senhor que se segue é o holandês Mark Brusse.

Este escultor já concluiu e colocou a sua obra na praça D. Lopo Vaz de Sampaio. Um trabalho dividido por quatro momentos rotulados de "As nossas mesas", sendo que em cada uma delas predominam quatro cabeças humanas. A inauguração oficial está marcada para 24 de Agosto.

O projecto do parque escultórico é da Câmara Municipal e está a ser coordenado pelo artista português Alberto Carneiro. Ele próprio assinou a primeira obra: "Os sete livros da arte e da vida", no jardim da biblioteca, e escolheu quem o acompanharia.

O espaço verde da Telheira acolhe já a "Pedra bulideira", de Carlos Barreira. Na praça do Centro Cívico, ergue-se um pilar de granito com dez metros de altura chamado "Em louvor dos limites", rubricado pelo irlandês Michael Warren. E em Abril passado foi cortada a fita do arco do italiano Mauro Staccioli, que apelidou de "Carrazeda de Ansiães/2007".

O autarca de Carrazeda Eugénio de Castro tinha previsto instalar uma obra por ano, até um total de dez - a última deveria ser inaugurada, previsivelmente, lá para 2014 - mas "o processo foi acelerado e deve ficar concluído dentro de um ano".

Nas últimas semanas, passaram por este concelho duriense do distrito de Bragança mais alguns escultores para escolher os locais onde vão instalar as suas obras. É o caso do espanhol Fernando Casás (jardim da Telheira ou parque radical), o português Ângelo de Sousa (jardim do mercado) e o japonês Satoru Sato (largo do Toural).

Fica a faltar a visita dos restantes dois, que, em breve, deverão escolher os locais para deixar a sua marca. Segundo o autarca, um deles poderá ser o português Pedro Cabrita Reis.

Ainda este ano, a Câmara deverá realizar um colóquio para explicar o processo de criação do Parque Internacional de Escultura em Granito ao Ar Livre, em Carrazeda de Ansiães. Eugénio de Castro acredita que poderá tornar-se uma atracção turística e, até, um ponto de "referência internacional" em matéria de arte pública.

Imobusiness