Seca

Reforço de água em Carrazeda a partir do rio Tua começa amanhã

Reforço de água em Carrazeda a partir do rio Tua começa amanhã

Durante três meses vão ser transportados 900 mil litros diários para a estação de tratamento.

O Município de Carrazeda de Ansiães vai começar, esta terça-feira, a transportar água do rio Tua, em camiões-cisterna, para a Estação de Tratamento de Água (ETA), junto à barragem da Fontelonga, que só já tem água até outubro.

A operação prevê o transporte de 900 mil litros por cada dia útil, durante três meses. Seis camiões-cisterna vão fazer cinco cargas diárias, cada uma com 30 mil litros. A água vai ser captada do rio Tua na zona da Brunheda.

PUB

Em Portugal já há centenas de aldeias de vários concelhos a serem abastecidas com água de outras proveniências, com recurso a autotanques, nomeadamente dos bombeiros voluntários. No caso de Carrazeda de Ansiães, onde vivem cerca de 5500 pessoas, o concelho vai beneficiar deste reforço do caudal a partir do rio Tua, a que se somam ainda algumas aldeias do concelho de Vila Flor.

Se a operação durar apenas os 90 dias previstos no contrato vai custar "cerca de 380 mil euros". O Ministério do Ambiente garantiu que vai financiar a operação através do Fundo Ambiental.

A autarquia de Carrazeda informa que "devido a circulação dos camiões poderá haver algum constrangimento ao trânsito nas estradas EM314-1 que liga a margem do Rio Tua à rotunda do Pinhal do Norte, na EM627 que passa por Belver e na VM1 em direção à ETA.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG