Macedo de Cavaleiros

Piloto faz aterragem de emergência, escapa quase ileso e chama 112

Piloto faz aterragem de emergência, escapa quase ileso e chama 112

Um avião ultraligeiro foi forçado a fazer uma aterragem de emergência, este sábado de manhã, em Vale Benfeito, Macedo de Cavaleiros. O piloto saiu da aeronave sozinho, sem grandes ferimentos, e chamou o 112.

Segundo apurou o JN, o piloto da aeronave fez uma aterragem de emergência, na Serra de Bornes, nas proximidades da aldeia de Vale Benfeito, em Macedo de Cavaleiros.

O homem, transportado para o hospital, apresentava apenas "escoriações resultantes do esforço que fez para sair do local, onde existe muita vegetação", referiu o segundo comandante dos Bombeiros de Macedo de Cavaleiros, Pedro Venceslau.

As autoridades tinham, inicialmente, reportado um acidente aéreo mas souberam, mais tarde, que se tinha tratado de uma aterragem forçada. O homem saiu do aparelho e do local onde aterrou pelo próprio pé e chamou socorro, por telefone, tendo sido localizado por militares da GNR.

"Foi o próprio piloto que avisou o 112 da situação. O alerta chegou aos bombeiros pelas 11.45 horas e para o local foram enviados 15 bombeiros apoiados por cinco viaturas. Tratava-se de um local de difícil acesso com uma mata densa de pinheiros", acrescentou Pedro Venceslau.

O piloto tinha descolado do aeródromo municipal de Mirandela e tinha como destino o Red Burros, um festival aéreo em Mogadouro.

O avião tinha matrícula espanhola, mas o piloto é de Mirandela.

Outros Artigos Recomendados