Covid-19

Sobe para três o número de mortes no Lar da Misericórdia de Miranda do Douro

Sobe para três o número de mortes no Lar da Misericórdia de Miranda do Douro

O Lar da Misericórdia de Miranda do Douro, distrito de Bragança, regista mais duas mortes associadas à covid-19, tratando-se de duas "mulheres com 67 e 92 anos", disse a provedora da instituição.

A primeira morte associada à covid-19 naquele lar aconteceu na segunda-feira, tratando-se de um homem de 93 anos que também tinha outras patologias associadas.

"Temos a lamentar a morte de duas senhoras, com 67 e 92 anos de idade, que tinham outras patologias associadas. As mortes ocorreram durante o dia de terça-feira", esclareceu a provedora Jacinta Fernandes.

PUB

Um surto de covid-19 atingiu em dezembro 60 dos 74 utentes e 16 dos 42 funcionários do Lar da Santa Casa da Misericórdia de Miranda do Douro.

O primeiro caso positivo para o novo coronavírus naquela instituição foi registado em 23 de dezembro. No final de dezembro, Jacinta Fernandes classificou o surto como "relativamente grave" pelo número de infetados.

Segundo a provedora, todos os espaços do lar foram já sujeitos a um processo de desinfeção levado a cabo por uma empresa especializada, e foi de imediato acionado o Plano de Contingência da instituição.

A Misericórdia de Miranda do Douro aguarda os resultados da última testagem realizada na terça-feira.

De acordo com o boletim epidemiológico emitido na terça-feira pela Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste, a que a Lusa teve acesso, o concelho de Miranda do Douro registava 171 casos ativos de covid-19.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG