Mirandela

Acidente na Linha do Tua faz um morto e 25 feridos

Acidente na Linha do Tua faz um morto e 25 feridos

Uma mulher de 47 anos morreu e outras 25 pessoas ficaram feridas, na sequência do descarrilamento de uma carruagem na Linha do Tua, próximo da localidade de Brunheda, em Carrazeda de Ansiães.

O último balanço da Autoridade Nacional de Protecção Civil dá conta da existência de uma vítima mortal e de 47 feridos, cinco em estado grave.

Jorge Gomes, governador civil de Bragança, adiantou que a mulher de 47 anos, natural de Vimioso e residente em Porto de Mós, ficou presa por baixo da carruagem tombada e morreu no local.

O governador civil revelou ainda a existência de uma outra vítima, uma criança, que teria morrido já no Hospital de Vila Real, informação que esta unidade hospitalar não veio a confirmar.

Para o Centro de Saúde de Carrazeda de Ansiães, foram transportados 18 feridos, dos quais onze já tiveram alta; para o Hospital de Bragança, foram transportados quatro feridos e o Hospital de Mirandela recebeu quatro feridos .

Segundo o governador civil de Bragança, logo após o acidente, vários passageiros sairam pelo seu próprio pé e seguiram pela linha até à estação mais próxima para pedir socorro.

PUB

A composição ficou tombada três a quatro metros abaixo da linha mas no lado contrário do rio Tua - que segue dezenas de metros abaixo da ferrovia.

Segundo Jorge Gomes, o acidente não provocou danos nos carris da linha mas levou a que várias das traves de madeira entre eles partissem.

Para o local foram mobilizados 88 bombeiros, apoiados por 39 veículos, e dois helicópteros da Protecção Civil (um de busca e salvamento e outro de reconhecimento). O INEM destacou dois helicópteros, cinco ambulâncias de Suporte Imediato Vida, três Viaturas Médicas de Emergência e um Posto Médico Avançado.

Carlos Madeira, porta-voz da CP, confirmou o descarrilamento de uma carruagem do metro de superfície de Mirandela, entre as localidades de Tralhão e Brunheda.

Em declarações à Sic Notícias, Carlos Madeira disse não haver ainda "nenhuma indicação" das causas deste acidente.

Fonte autárquica disse à Agência Lusa que, na sequência de uma explosão, ocorreu um descarrilamento da composição. A mesma indicação foi prestada pelo maquinista, quando foi transportado para o Centro de Saúde de Carrazeda de Ansiães, segundo a RTP.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG