País

Governo promete ajudar produtores de alheira para evitar ligação com casos de botulismo

Governo promete ajudar produtores de alheira para evitar ligação com casos de botulismo

O secretário de Estado Adjunto e da Economia, Leonardo Mathias, deixou a garantia aos produtores de alheiras de Mirandela, que vai articular com as restantes entidades ligadas ao processo que levou à deteção dos casos de botulismo alimentar, a elaboração de um comunicado para de uma vez por todas esclarecer a opinião pública.

"A ideia é explicar que o problema só está localizado nos produtos com a marca comercial, Origem Transmontana, e que não pode desvirtuar a qualidade, o rigor de produção e a confiança nos produtos do território de Trás-os-Montes", disse o presidente da câmara de Mirandela, António Branco, após a reunião desta terça-feira, em Lisboa, onde também marcaram presença o presidente da entidade gestora da alheira de Mirandela e o deputado do PSD, eleito por Bragança, Adão Silva.

"Existe ainda uma abertura para a possibilidade de se avançar com uma linha de campanha de marketing para enaltecer as qualidades deste produto, recorrendo a uma candidatura a fundos comunitários", acrescenta o autarca

Esta reunião surge depois dos maiores produtores de alheira terem visto encomendas canceladas e uma quebra a rondar os 75 por cento, tendo em conta o facto do nome da marca englobar a palavra "Transmontana", que tem levado uma atitude de rejeição ao enchido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG