Premium

Negligência médica deixa Gonçalo sem apoio há 17 anos

Negligência médica deixa Gonçalo sem apoio há 17 anos

Recurso de obstetra trava pagamento de 385 mil euros fixado por tribunal. Ficou com incapacidade de 95% após parto.

Gonçalo Damasceno, que nasceu na maternidade de Mirandela com uma incapacidade de 95%, completou ontem 17 anos. O seu tempo de vida coincide com o tempo que os pais levam lutando por justiça, os últimos oito dedicados a tentar obter a indemnização por negligência médica, crime provado em tribunal e confirmado em instância de recurso.

"É um sentimento de revolta e de injustiça. Incompreensível", lamenta a mãe, Isabel Bragada, que aguarda há dois anos a decisão do recurso apresentado pela médica obstetra, que foi condenada em conjunto com a sua seguradora e a Unidade Local de Saúde do Nordeste (ULSNE) ao pagamento de uma indemnização de 385 mil euros, por danos morais e patrimoniais, a que acrescem os custos de adaptação do apartamento familiar.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG