Exclusivo

Empresa de Castelo Branco muda linhas de produção para a Turquia por falta de mão-de-obra

Empresa de Castelo Branco muda linhas de produção para a Turquia por falta de mão-de-obra

APTIV, multinacional alemã de cablagem, localizada em Castelo Branco não consegue contratar 200 trabalhadores na área de cabos elétricos para a Maserati e a Ferrari.

A falta de trabalhadores é a razão invocada pela APTIV, multinacional alemã que produz cablagem para a indústria automóvel, em Castelo Branco, para a deslocalização de duas linhas de produção para outra unidade do grupo na Turquia até junho. As duas linhas de produção fabricam cablagem (cabos elétricos para veículos) para os motores a combustão da Maserati e da Ferrari. Esta supressão coloca um ponto final a uma longa ligação que tinha condições para crescer na APTIV não fosse a dificuldade de contratar.

A maior parte de quase 200 trabalhadores afetos a estas duas linhas ficarão, apurou o JN junto de fonte ligada ao processo, na empresa. "Algumas destas pessoas estão com vínculo temporário. As restantes, e porque a APTIV precisa de mão-de-obra urgentemente, ficarão na empresa e ninguém será despedido", adiantou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG