Incêndio

Fogo "completamente descontrolado" na Serra da Gardunha

Fogo "completamente descontrolado" na Serra da Gardunha

A Aldeia Histórica de Castelo Novo foi esta segunda-feira evacuada devido ao incêndio que lavra na Serra da Gardunha "de forma completamente descontrolado", acusa o presidente da Câmara do Fundão, Paulo Fernandes. O combate envolve 214 operacionais, depois da retirada dos quatro meios aéreos com o cair da noite.

O fogo, que teve início à 1.30 horas de domingo em Louriçal do Campo, concelho de Castelo Branco, chegou ao início da manhã ao município do Fundão. Apesar dos vários apelos do autarca para o reforço de meios, o fogo manteve durante duas frentes ativas, totalizando "cerca de 23 quilómetros de comprimento, consumindo parte significativa da Serra da Gardunha", nas palavras de Paulo Fernandes.

As aldeias de Souto da Casa, Alcongosta e Alpedrinha estavam, esta noite, em perigo por se situarem na linha por onde avançava o incêndio.

Durante o dia, foi possível proteger pessoas e bens e procedeu-se apenas à retirada "de algumas pessoas" que viviam em casas mais afastadas dos centros das localidades, bem como à evacuação do "Natura Glamping", um empreendimento turístico localizado no cimo da Serra da Gardunha, em Alcongosta.

O Centro de Saúde do Fundão manteve as portas abertas, ao longo de toda a noite.

Outras Notícias