Incêndio

Fogo dominado em Oleiros. Cerca de seis mil hectares ardidos

Fogo dominado em Oleiros. Cerca de seis mil hectares ardidos

O incêndio que lavra desde sábado no concelho de Oleiros, em Castelo Branco, está dominado, embora tenha ainda algumas partes ativas.

Segundo disse à Lusa fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), "o incêndio está dominado naquilo que é o seu perímetro", mas "não quer dizer que não tenha ainda partes ativas".

Em conferência de imprensa, em Oleiros, o Comandante Operacional de Agrupamento Distrital do Centro Sul (CADIS), Luís Belo Costa, calculou que o fogo, que teve início no sábado, tenha consumido cerca de seis mil hectares de terreno. "São números que carecem de confirmação, que vai ser demorada, dada a extensão da área ardida", sublinhou.

De acordo com Luís Belo Costa, o incêndio foi dado como "dominado às 8 horas da manhã" desta segunda-feira. "Temos ainda muito trabalho pela frente, porque a área é muito vasta e complexa, nomeadamente em termos de orografia", disse.

"Vai dar-nos ainda muito trabalho, do ponto de vista da consolidação", disse o Comandante Operacional de Agrupamento Distrital do Centro Sul, sublinhando que está ainda ativa a frente sul do incêndio, virada para os concelhos de Proença-a-Nova e de Castelo Branco.

Segundo Luís Belo Costa, continua no terreno um dispositivo composto por 868 operacionais e 274 veículos, dos quais 11 são máquinas de rasto, mais duas que as que estavam no terreno no domingo, após a chegada de mais duas destas máquinas do Exército.

PUB

À hora da conferência, 9 da manhã desta segunda-feira, havia dois meios aéreos ativos neste incêndio, um dos quais de reconhecimento aéreo, para manter o perímetro do fogo sob vigilância, e o outro em prontidão para acorrer a eventuais reacendimentos.

No domingo, ao início da noite, três aldeias do concelho de Oleiros estiveram em "risco efetivo" por causa deste fogo que se estendeu aos concelhos de Proença-a-Nova e Sertã.

Segundo o vice-presidente da câmara de Proença-a-Nova, durante a noite três pessoas foram retiradas de casa, um casal e uma senhora, por precaução face ao avanço das chamas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG