Proença-a-Nova

Presidente da Câmara de Proença renuncia ao mandato

Presidente da Câmara de Proença renuncia ao mandato

O presidente da Câmara de Proença-a-Nova, João Paulo Catarino, vai renunciar ao mandato na sexta-feira e assumir funções na Unidade de Missão Para a Valorização do Interior.

O autarca, que está a cumprir o terceiro mandato como presidente da Câmara de Proença-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, adiantou que a renúncia oficial do cargo vai ocorrer na sexta-feira, uma vez que passa a desempenhar funções na Unidade de Missão para a Valorização do Interior, criada recentemente pelo Governo.

"É minha intenção renunciar ao cargo de presidente da Câmara [Proença-a-Nova] na sexta-feira [11 de março], dia em que o vice-presidente João Lobo assumirá a presidência da autarquia", anunciou à Lusa João Paulo Catarino.

O autarca, que desempenhava também funções como presidente da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB), explicou que este cargo irá também ser assumido por João Lobo, uma vez que a presidência da CIMBB está entregue à Câmara de Proença-a-Nova.

Quanto às razões que o levaram a aceitar integrar a Unidade de Missão para a Valorização do Interior, o ainda autarca adiantou que tem a ver como o "objeto" deste novo organismo.

"As razões que me levaram a aceitar o convite têm a ver com o objeto da Unidade de Missão que tem como valorização o interior, uma temática que me tem acompanhado ao longo da carreira profissional", disse.

João Paulo Catarino sublinhou ainda que na base da sua decisão pesou ainda o facto de João Lobo "estar perfeitamente preparado para assumir as funções de presidente da Câmara de Proença-a-Nova".

"O João Lobo tem qualidades humanas e profissionais para desempenhar exemplarmente as funções de presidente da autarquia", concluiu.

A Unidade de Missão para a Valorização do Interior será coordenada pela deputada Helena Freitas e irá ter como número dois João Paulo Catarino.

ver mais vídeos