Castelo Branco

Oito meios aéreos na Sertã, onde fogo lavra em três frentes

Oito meios aéreos na Sertã, onde fogo lavra em três frentes

O incêndio que lavra na Sertã, distrito de Castelo Branco, desde domingo, continua com três frentes ativas e é o fogo que mobiliza mais meios.

Segundo Patrícia Gaspar, adjunta da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), cinco incêndios estavam ativos pelas 12 horas, mobilizando 1672 operacionais, 536 meios terrestres e 14 meios aéreos.

O incêndio que concentra mais meios é o que lavra desde domingo na Sertã, distrito de Castelo Branco, num total de 1247 operacionais e oito meios aéreos, indicou Patrícia Gaspar em declarações à RTP.

Este incêndio, que alastrou aos concelhos de Proença-a-Nova e Mação, "tem três frentes ativas" e as "muitas reativações" que têm ocorrido obrigam à "permanente recolocação de meios", sublinhou Patrícia Gaspar.

O fogo que deflagrou em Vale do Coelheiro, concelho de Castelo Branco, mobiliza mais de 400 efetivos, 142 meios terrestres e quatro meios aéreos.

O incêndio em Vila Velha de Ródão que alastrou ao concelho de Nisa, distrito de Portalegre, apresenta "uma evolução favorável".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG