O Jogo ao Vivo

Incêndios

Fogo em resolução em Vila de Rei e 70% em Mação

Fogo em resolução em Vila de Rei e 70% em Mação

O fogo que deflagrou no sábado em Vila de Rei já está "em resolução", estando também "em rescaldo" 70% do incêndio no concelho de Mação, para onde as chamas se alastraram.

Num "briefing" na Sertã, onde está instalado o posto de comando, o comandante operacional do Agrupamento Centro Norte, Pedro Nunes, disse aos jornalistas, pelas 20 horas, que nos restantes 30% de território atingido no concelho de Mação (distrito de Santarém) lavra ainda uma frente repartida.

Durante a tarde, explicou, houve algumas reativações e "o incêndio teve um comportamento extremo", com muita libertação de energia, e a prioridade foi defender pessoas e bens.

Para esta noite, a Proteção Civil está a redefinir a sua estratégia, recorrendo ao uso de máquinas de rasto e ao ataque direto às chamas.

400 bombeiros em Viseu

Às 20 horas estavam 400 bombeiros, apoiados por 100 viaturas e cinco meios aéreos, em dois incêndios no distrito de Viseu, um em Penalva do Castelo e outro em Penedono, segundo informação da página da Proteção Civil.

De acordo com a informação, 210 operacionais, 57 viaturas e quatro meios aéreos estão em Penedono.

Já em Penalva do Castelo, o fogo exige a intervenção de 161 operacionais, 41 viaturas e um meio aéreo.

Em Penedono, o incidente é um reacendimento de um fogo que deflagrou na tarde de domingo, às 17.49 horas, em Beselga, uma das freguesias mais a sul de Penedono e a fazer fronteira com o concelho de Sernancelhe, e que durante a madrugada chegou a estar dominado.

O incêndio em Penalva do Castelo é em mato, com início às 17.26 horas desta segunda-feira, em Antas e Miuzela, e "também longe de habitações", informou o Comando Distrital de Operações de Socorro de Viseu.