Ensino

Politécnico de Coimbra vai instalar polo em Cantanhede

Politécnico de Coimbra vai instalar polo em Cantanhede

Cursos de artes e tecnologias devem arrancar no próximo ano letivo com cerca de 200 alunos

O Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) vai instalar um polo de ensino superior em Cantanhede, no âmbito de uma parceria estabelecida com a Câmara de Cantanhede, revelou esta terça-feira a autarquia.

"Esta parceria permite-nos abrir uma nova janela no projeto educativo alargado e integrado que preconizamos para Cantanhede", sublinhou a presidente da Câmara, Helena Teodósio. "Para além de colocar Cantanhede no mapa da oferta formativa pós-secundário, a Cantanhede Creative School poderá também ajudar a fixar mais jovens no concelho", evidenciou.

PUB

Este polo de ensino superior proporcionará oferta formativa, com vista ao desenvolvimento da área das artes criativas e tecnologias.

A Câmara indicou que o protocolo de cooperação, aprovado em reunião do executivo, surgiu na sequência da candidatura da instituição de ensino aos programas "Impulso Jovens STEAM" e "Impulso Adultos", aos quais a autarquia aderiu.

Segundo o protocolo, válido por cinco anos, caberá ao Instituto Politécnico de Coimbra coordenar a escola, nomeadamente na sua organização logístico administrativa, desenvolvimento da oferta formativa e disponibilização do corpo docente, ficando ainda responsável por dinamizar ações de promoção das atividades e ações a realizar.

Já a Câmara de Cantanhede compromete-se a proporcionar o espaço físico para a instalação do polo, bem como a alocar os recursos humanos necessários ao seu funcionamento. A Cantanhede Creative School vai ficar na antiga escola primária Conde Ferreira , no centro da cidade, que irá ser remodelada para o efeito.

Fonte oficial do Politécnico disse hoje ao JN que as aulas no novo polo "estão previstas iniciar já no próximo ano letivo, entre setembro e outubro, na área das artes e tecnologias com uma ou duas turmas - de 25 estudantes cada - e com cursos de pós-graduação e microdenciações no âmbito do Programa Impulsos destinados a um público adulto". O IPC estima que "durante o primeiro ano possam passar pelo Polo do IPC de Cantanhede cerca de 200 alunos".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG