Coimbra

Resgatados 15 cães desidratados e a viver no meio de fezes

João Pedro Campos

 foto Facebook

 foto Facebook

Quinze cães foram resgatados de uma casa devoluta na Rua das Flores, na Alta de Coimbra. Os animais foram encontrados a viver sobre as próprias fezes, sem comida e sem água. A PSP identificou uma mulher que costuma ocupar a casa.

Os cães foram resgatados na segunda-feira à tarde depois da denúncia de moradores, tendo-se dirigido ao local a PSP de Coimbra, e elementos da associação Condeixa Pa'tudos, com o conhecimento do Canil Municipal.

"Na casa, os 15 cães conviviam com lixo amontoado e em sacos, e praticamente viviam sobre as suas próprias fezes, pois o chão das várias divisões da casa estava completamente coberto pelos excrementos dos animais", informa a Associação.

O Canil Municipal de Coimbra alojou cinco cães, ficando os restantes a cargo da Condeixa Pa'tudos.

"A casa não tem água nem luz. Os cães estavam em situação de sede extrema", conta ao JN Olga Ruth, da associação.

Segundo o que o JN conseguiu apurar, a casa era frequentada por sem-abrigo, sendo ocupada regularmente por uma mulher.

Fonte da PSP de Coimbra revelou ao JN que a mulher foi identificada pelas autoridades. Olga Ruth afirma que a mulher já tem antecedentes de abandono de animais e que a associação vai avançar com uma queixa-crime.

Os 10 cães acolhidos pela Condeixa Pa'tudos estão a ser lavados e desparasitados. "Nos próximos dias vamos avançar para as campanhas de adoção", revela Olga Ruth.