Projeto

Coimbra tem o primeiro relógio do clima em Portugal

Coimbra tem o primeiro relógio do clima em Portugal

O edifício da Associação Académica de Coimbra tem, a partir desta quarta-feira, o primeiro relógio do clima nacional.

O relógio, que já existe noutras cidades do Mundo, mostra o tempo que falta até ao aumento de 1,5 graus da temperatura média global, o que representa um ponto de não retorno.

O projeto está a ser feito por duas juniores empresas da Universidade de Coimbra, a Molecular JE e a jeKnowledge, em parceria com a Associação Académica de Coimbra.

"Acreditamos que vai ter impacto, como teve noutras cidades do Mundo", aponta a presidente da jeKnowledge, Joana Baião.

O relógio aponta sete anos e 250 dias até atingir esse ponto de não retorno, sendo atualizado de seis em seis meses.

"Não é um ponto de chegada, é um ponto intermédio, num momento em que não podemos dar passos errados", defende o presidente da Associação Académica de Coimbra, João Assunção.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG