Coimbra

Urgências ao fim de semana em Coimbra somente nos Hospitais da Universidade

Urgências ao fim de semana em Coimbra somente nos Hospitais da Universidade

Os serviços de urgência hospitalar em Coimbra passam a realizar-se aos fins de semana somente nos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), a partir de dia 16, à semelhança do que já acontece durante o período noturno, foi anunciado esta sexta-feira.

O Hospital Geral (HG), normalmente chamado hospital dos Covões, continua a receber urgência durante a semana, em período diurno, das 9 às 20 horas, e receberá também, a partir de dia 16, aos fins de semana, a "Consulta Hospitalar para a doença aguda não urgente".

Uma "Consulta Hospitalar para a doença aguda não urgente" é uma estrutura funcional, com capacidade de atendimento hospitalar para a doença aguda não urgente, devendo articular-se com os Cuidados de Saúde Primários, com os Serviços Hospitalares e com o Serviço de Urgência do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

Pretende-se alcançar, no futuro, esclarece o CHUC, a referenciação direta, por via eletrónica, entre os diversos níveis de cuidados.

As oito medidas estruturantes para CHUC, anunciadas hoje, preveem igualmente a requalificação e ampliação do Serviço de Medicina Interna B - HG (Covões) -- de 38 para 50 camas -, a disponibilidade de este polo em São Martinho do Bispo ser utilizado para ensino universitário, e a abertura, também aqui, em fevereiro de 2014, do centro de ensaios clínicos de fase I.

Este centro de fase I é o primeiro e único centro de ensaios clínicos deste tipo no universo do Serviço Nacional de Saúde, salienta o CHUC.

O CHUC criará também, em dezembro, um Centro de Preservação de Fertilidade, e trabalhará contra a violência e o assédio moral com o Centro de Prevenção e Tratamento do Trauma Psicogénico (CPTTP), a partir de 25 de novembro.

O Centro de Preservação de Fertilidade do Serviço de Reprodução Humana do CHUC "surge da importância de criar em Portugal um centro público que responda às necessidades reprodutivas de doentes que irão realizar tratamentos possivelmente comprometedores da sua função reprodutiva futura".

Em 2014, o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra vai também aumentar o número de vagas para as especialidades de Anestesiologia, Imagiologia e Cardiologia.

O CHUC foi constituído em abril de 2011 e resultou da fusão entre os Hospitais da Universidade de Coimbra, o Centro Hospitalar de Coimbra e o Centro Hospitalar e Psiquiátrico de Coimbra.

Com esta reforma hoje anunciada, o CHUC antevê a melhoria da qualidade do acesso às prestações de saúde, a melhoria da eficiência hospitalar, oportunidades de racionalização no parque de infraestruturas, a garantia da sustentabilidade económica e financeira, a melhoria da governação do centro hospitalar e do desempenho dos seus profissionais, e ainda o reforço de áreas de alta diferenciação.

O CHUC recorda que com a fusão das várias unidades conseguiu-se a "criação de centros de excelência eficientes e competitivos, a nível nacional e internacional, tais como a Transplantação Hepática Pediátrica, o Centro de Excelência das Doenças Lisossomais, o Centro de Trauma de nível I, o Centro de Trauma Psicogénico e, mais recentemente, o Centro de Tumores Oculares".