O Jogo ao Vivo

Petição

Moradores exigem reabertura de unidade de saúde em Coimbra

Moradores exigem reabertura de unidade de saúde em Coimbra

Unidade em Brasfemes, em Coimbra, está encerrada há seis anos. Quinhentos dos dois mil habitantes da freguesia assinaram petição.

Os moradores da freguesia de Brasfemes, em Coimbra, querem a reabertura da Extensão de Saúde, encerrada desde 2015. Alguns habitantes, apoiados pela CDU de Coimbra, entregaram na Administração Regional de Saúde do Centro um abaixo-assinado com cerca de 500 assinaturas.

"Houve sensibilização por parte da presidente da Administração Regional. Vamos aguardar, para ver o que acontece", explica ao JN Carla Lopes, porta-voz do grupo.

Os utentes estão há seis anos a deslocar-se à Unidade de Saúde Familiar de Eiras, a cerca de três quilómetros de distância. "A nossa freguesia é muito envelhecida e há muita gente sem transporte. Ainda por cima, também estamos muito mal servidos de transportes públicos, que é outra luta que temos", salienta a moradora, completando que o autocarro vai até à Adémia, ainda longe da Unidade de Saúde.

Segundo o grupo, o edifício que albergava a Extensão de Saúde é novo e foi construído para o efeito, mas foi encerrado pouco tempo depois. "A última vez que reclamámos, foi-nos dito que lá iria ser colocado um monitor para teleconsulta, mas não é suficiente. Como é que os utentes levam uma injeção?", questiona Carla Lopes.

Carla Lopes salienta que a reabertura da Extensão de Saúde de Brasfemes é uma das exigências das listas candidatas aos órgãos autárquicos de Coimbra. "É estranho que o PSD, que estava no Governo aquando do encerramento, e o PS, que enquanto Governo nunca a reabriu, agora tenha isso nos programas autárquicos", critica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG