Manifestação

Pais e alunos em protesto à porta de escola de Coimbra

Pais e alunos em protesto à porta de escola de Coimbra

Centenas de alunos das escolas do Agrupamento Eugénio de Castro, em Coimbra, estão esta quarta-feira em protesto devido à falta de funcionários e às condições dos estabelecimentos de ensino.

Na sede do Agrupamento, a PSP abriu o cadeado com que os pais tinham fechado o portão, mas os alunos não entraram.

"A decisão de não entrarem é individual. A PSP abriu o portão, a escola está aberta", contou ao JN o presidente da associação de pais, Carlos Domingues, apontando que, de um rácio de 22 funcionários, sete estão de baixa. "É um número insuficiente para uma escola que passou de 780 para 920 alunos", entende o responsável.

Outros Artigos Recomendados