Partidos

Vice-presidente da Distrital de Coimbra do PSD demite-se

Vice-presidente da Distrital de Coimbra do PSD demite-se

A vice-presidente da Comissão Política Distrital de Coimbra do PSD, Helena Teodósio, apresentou esta quarta-feira a demissão do cargo, mostrando oposição à forma como foi constituída a lista dos candidatos a deputados pelo distrito.

Em comunicado, Helena Teodósio afirma que a decisão estava tomada antes das Eleições Legislativas, mas adiou o ato para, entende, "causar o mínimo sobressalto ao trabalho de mobilização que era necessário fazer para que o PSD-Coimbra viesse a alcançar uma expressão eleitoral condizente com a história da sua forte implantação a nível distrital".

Para a também presidente da Câmara Municipal de Cantanhede (um dos dois concelhos do distrito, a par de Mira, onde o PSD foi o partido mais votado), "houve circunstâncias conjunturais que concorreram para que resultado eleitoral do PSD no distrito de Coimbra tivesse sido bastante mais penalizador do que o registado a nível nacional", mas considera que o processo de constituição da lista "não pode deixar de ser incluída no inventário dos fatores que conduziram ao desfecho que se conhece".

O PSD no distrito de Coimbra teve 26,61% dos votos, tendo elegido três deputados: Mónica Quintela, Maló de Abreu (vice-presidente do partido) e o presidente da Distrital, Paulo Leitão.