figueira da foz

Primeira mulher a liderar Cruz Vermelha  

Primeira mulher a liderar Cruz Vermelha  

Laura Lacerda tornou-se a primeira mulher a presidir, em 93 anos, à delegação da Figueira da Foz da Cruz Vermelha Portuguesa, sucedendo a Gaia Brás.

No seu discurso de tomada de posse, a médica, de 80 anos, afirmou "estar preparada para os desafios" que se avizinham. "Sou uma mulher de fé, de sonhos e a utopia é um projecto desejável para toda a sociedade. Eu gostaria de transformar aquilo que é, às vezes, quimérico em realidade. Passemos ao trabalho, pois só assim o conseguiremos", desafiou Laura Lacerda.

Questionada pelo JN pelo facto de ser a primeira mulher a comandar a instituição ao nível local, a médica afirmou sentir-se "honrada". "Sinto-me feliz, que tenho a benção de Deus e que as pessoas acreditam no meu projecto e por isso darei o que posso", disse a nova presidente da delegação da CVP mais antiga do distrito de Coimbra, fundada em 3 abril 1915.

Laura Lacerda nasceu em Fátima a 13 Setembro de 1928. Em 1956 licenciou-se em Medicina, em Coimbra. Reside na Figueira da Foz desde 1959.

A nova direcção, que cumprirá um mandato de quatro anos, será presidida por Laura Lacerda. Joaquim Cristino, José Segurado, Carlos Figueiredo e Nelson Fernandes completam a direcção.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG