O Jogo ao Vivo

Homenagem

Doze velas pelas vítimas de Oliveira do Hospital

Doze velas pelas vítimas de Oliveira do Hospital

Perto de 100 pessoas participaram numa homenagem às 12 vítimas mortais do incêndio dos passados dias 15 e 16 no concelho de Oliveira do Hospital. Por cada uma foi acesa uma vela, ao final da tarde desta terça-feira.

As velas foram colocadas junto à figura de Nossa Senhora de Fátima que fica em frente à Igreja Matriz, no centro de Oliveira do Hospital, numa ação promovida pela Autarquia.

No mesmo local foi depositado um arranjo de flores e a ideia é que "cada oliveirense coloque naquele espaço uma flor", disse ao JN o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino.

A iniciativa teve lugar por volta das 19.30 horas, no seguimento de uma missa em que o padre sublinhou a importância de "não baixar os braços" quando "o mundo nos parece feio".

"Tudo isto se pode transformar se plantarmos novas árvores. Podemos ou não mudar isto?", perguntou, diante de um grupo de crianças. "Sim", foi a resposta delas.

"Ressurreição é a palavra de ordem da liturgia de hoje", afirmou ainda o padre.

A Câmara Municipal anunciou ainda que na quarta-feira, às 10 horas, nas igrejas das freguesias e localidades onde se registaram as mortes, os sinos vão tocar 12 badaladas, simbolicamente, em memória das vítimas.

Só no município de Oliveira do Hospital, o fogo provocou 12 mortos e 140 feridos, destruiu 200 casas, das quais 145 de primeira habitação, e também 95 empresas, provocando um prejuízo de cerca de 98 milhões de euros, segundo dados da Câmara Municipal.

De acordo com a mesma fonte, foram afetados ainda 480 postos de trabalho, morreram perto de cinco mil animais, entre cabras e ovelhas, e a área ardida aproxima-se dos 97%.

ver mais vídeos