Acidente

Helicóptero de combate a incêndios cai na Pampilhosa da Serra

Helicóptero de combate a incêndios cai na Pampilhosa da Serra

Um helicóptero caiu, esta quarta-feira de manhã, na Pampilhosa da Serra, quando levantava voo para combater um incêndio. Um ocupante, militar da GNR, ficou ferido.

Segundo confirmou ao JN fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra, o aparelho, sediado no Centro de Meios Aéreos de Pampilhosa da Serra, estava a descolar para uma missão para a qual tinha sido mobilizado, numa freguesia do concelho de Proença-a-Nova, quando a queda ocorreu.

Um militar do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro da GNR, um dos cinco que ocupavam o helicóptero, ficou com ferimentos ligeiros durante o incidente, adiantou a mesma fonte. O piloto não ficou ferido.

Aparelho substituído e acidente investigado

Em comunicado, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) indica que o helicóptero, de indicativo operacional Hotel 33, "sofreu danos materiais significativos e já foi substituído por outro meio aéreo da mesma tipologia a operar a partir do CMA da Lousã, enquanto estiverem a ser apuradas as causas do acidente".

O alerta para o acidente registou-se cerca das 10.50 horas. Para o local, foram mobilizados 17 operacionais apoiados por sete viaturas, segundo informação disponível no site da ANEPC.

As causas do acidente serão apuradas pelo Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários, entidade competente em matéria de investigação de acidentes com aeronaves.