Alandroal

PS vai tentar travar a tradição de alternância

PS vai tentar travar a tradição de alternância

A Câmara de Alandroal tem mudado de cor nas eleições mais recentes. Em 2009, ficou nas mãos de independentes por uma décima (o movimento conquistou 39,59% dos votos e o PS 39,43%). Quatro anos depois, a CDU, que era a terceira força política, ganhou as eleições com 54,40%, e os independentes e os socialistas foram atirados para segundo e terceiro lugar respetivamente.

Em 2017, novo volte-face. O PS, que era a terceira força política, conquistou a Câmara com 34,85%, passando a CDU para segundo lugar (28,46%) e os independentes caíram para terceiro (27,84%).

Nas eleições deste ano, o atual presidente da Câmara, o socialista João Grilo, tenta reforçar a distância sobre os comunistas. E o PSD, que nem aparece no top três, aposta no contabilista Domingos Matuto. Já a CDU avança com Cristina Passos e o Nós Cidadãos aposta no ex-autarca João Nabais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG