Covid-19

Surto em lar de Estremoz com cinco mortos

Surto em lar de Estremoz com cinco mortos

Um surto de covid-19 no Lar Recolhimento de Nossa Senhora dos Mártires, em Estremoz (Évora), já infetou 71 pessoas, entre utentes e funcionários, tendo morrido cinco idosos.

O novo coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a covid-19, infetou 56 dos 60 utentes deste lar - cinco dos quais vieram a falecer - e os quatro idosos que "estão negativos" encontram-se separados dos restantes, disse fonte da instituição à Lusa.

As cinco mortes, três mulheres e dois homens, foram registadas desde sábado, explicou a fonte, acrescentando que, relativamente aos infetados, quatro homens e uma mulher estão internados no Hospital do Espírito Santo de Évora.

O surto de covid-19 no Lar Recolhimento de Nossa Senhora dos Mártires, o primeiro que é registado numa estrutura residencial para pessoas idosas no concelho de Estremoz, infetou igualmente 15 funcionários.

Os primeiros casos na instituição foram detetados na quinta-feira passada, quando surgiram "sete utentes com sintomas", após terem sido feitos alguns testes rápidos para "constatar se existia algum surto", tendo surgido "dois utentes e dois funcionários positivos".

Na segunda-feira, de acordo com a fonte, foram testados todos os utentes e funcionários do lar, sendo que, dos 54 funcionários, 15 fizeram teste com resultado positivo para a SARS-CoV-2, mais precisamente 14 mulheres e um homem. "Os funcionários infetados estão em casa, em isolamento profilático", acrescentou.

A fonte da instituição referiu ainda que uma brigada de intervenção rápida, indicada através da Segurança Social, vai dar apoio ao lar.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG