O Jogo ao Vivo

Alentejo

Seis militares ajudam em lar de Monsaraz com surto de covid-19

Seis militares ajudam em lar de Monsaraz com surto de covid-19

O Exército destacou seis militares que estão, desde domingo, a dar apoio ao lar de Reguengos de Monsaraz, Évora, onde foi detetado um surto de covid-19.

A equipa de seis militares é composta por um médico, um enfermeiro, um socorrista e três militares para apoio, provenientes do Centro de Saúde Militar de Évora e do Regimento de Cavalaria n.º 3, segundo informa, esta segunda-feira, o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA) em comunicado.

Este apoio surge na sequência de um pedido da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, a nível logístico, de saúde e avaliação de processo de desinfeção das instalações do lar.

As escolas e creches de Reguengos de Monsaraz estão encerradas "por precaução" a partir desta segunda-feira, anunciou o presidente do município, onde foi detetado um surto de covid-19 num lar com 62 casos de infeção confirmados.

Quatro dos idosos que testaram positivo para a covid-19 foram transportados por precaução para o Hospital do Espírito Santo, em Évora, e um deles já teve alta.

Os restantes utentes infetados encontram-se sob vigilância no lar ou em casas de familiares, enquanto os funcionários que testaram positivo estão em isolamento nas suas residências.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG