Desconfinamento

Vendas Novas aprova medidas para ajudar restauração local

Vendas Novas aprova medidas para ajudar restauração local

A Câmara Municipal de Vendas Novas decidiu isentar a restauração do pagamento de qualquer taxa de publicidade e ocupação de espaço público até ao final de 2020 e a simplificação do processo de criação de novas zonas de esplanadas.

Ao que o JN conseguiu apurar junto da autarquia, "estas e outras medidas visam facilitar a adaptação às orientações publicadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS), no âmbito do Plano de Desconfinamento aprovado pelo Conselho de Ministros" de 30 de abril.

Outra das medidas defendidas é a dinamização de áreas para novas zonas de esplanadas específicas para os estabelecimentos de bifanas de Vendas Novas.

Assim, na zona da Boavista, irá ser ocupada uma parte de espaço público e encerradas ao trânsito duas das ruas paralelas à EN4, para que as mesmas sejam convertidas em zonas de esplanadas que irão servir os vários estabelecimentos dessa zona (situados em ambos os lados da estrada).

Segundo a Câmara Municipal, esta solução "visa apoiar um dos setores de atividade mais afetados durante a pandemia, possibilitando aumentar os espaços de venda face às limitações de ocupação existentes, garantir o distanciamento necessário entre clientes de modo a prevenir o risco de contágio pela Covid-19, defender a economia local e a manutenção do emprego".

Outras casas de bifanas e espaços de restauração e bebidas, também terão novas áreas de esplanadas, no âmbito do processo de simplificação já referido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG